Sistema Produto Serviço

Sistema Produto Serviço
13 de maio de 2020 Cequipel
Em Sem categoria

O avanço da tecnologia ao mesmo tempo que alterou profundamente o hábito das pessoas, possibilitou a produção em série de artigos dos mais diferentes setores da economia. Fato este, que também estimulou o consumo de forma desenfreada, e assim, cada vez mais cedo os produtos se tornam obsoletos e descartáveis. O ciclo constante de fabricação, torna os recursos naturais cada vez mais escassos, o que impacta negativamente o meio ambiente. De acordo com o World Wildlife Fund, o mundo está usando hoje, o correspondente a um planeta e meio para apoiar suas atividades humanas.

Um potencial Modelo de Negócio que pode contribuir para a redução nos impactos ambientais, é o Sistema Produto Serviço (SPS), o qual, tem criado uma ruptura na tradicional relação entre fornecedores e clientes, alterando também, vários processos. Desenvolvido por Oksana Mont (2004) e Ezio Manzini (1996), SPS referem-se à venda de serviços e produtos em torno da venda de sistemas e soluções integradas.  Arnold Tukker (2015), outro pesquisador muito difundido nessa área, define SPS como: “uma mistura de produtos tangíveis e serviços intangíveis, concebidos e combinados para que sejam conjuntamente capazes de satisfazer as necessidades dos clientes finais”.

De acordo com Tukker, SPS pode ser classificado em 3 categorias:

  1. a) Orientado ao Produto: Esta categoria foca principalmente na comercialização dos produtos, mas, serviços extras são acrescentados;
  2. b) Orientado ao Uso: o produto conforme é conhecido, continua desempenhando o mesmo papel, mas, não é focado na venda dos produtos em si, sendo estes, disponibilizados de uma forma diferente e, por vezes, compartilhado por diversos usuários. Por exemplo: Uber e o Airbnb;
  3. c) Orientado aos resultados: nesta categoria, o fornecedor e o cliente combinam um resultado, não havendo produto predeterminado envolvido.

Em todas essas categorias de SPS, o conceito é o mesmo: otimizar ao máximo o uso dos produtos, aumentando o ciclo de vida e buscando a sua reciclagem.

Seguindo esse conceito, a Cequipel criou os Kits de Sala de Aula Multifuncionais, onde é possível ter uma sala de aula convencional e um laboratório de informática no mesmo espaço. Esses Kits contêm: Carteiras Escolares Informatizadas, Lousas Digitais, Calhas para passagem de fiação elétrica, Módulos de Segurança Elétrica, Roteadores WiFi e serviços de instalação, treinamentos e manutenção. Além de que, as Carteiras Informatizadas, são mais ecológicas que os computadores portáteis, pois, não utilizam baterias de lítio e são mais duráveis.

 

Referência Bibliográfica: http://repositorio.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/2709